Por quê Constelação Familiar é diferente da terapia convencional? – Constelação Familiar Sistêmica

Por quê Constelação Familiar é diferente da terapia convencional?


[Pergunta] Minha vida está horrível. Mas, antes, preciso saber o que a Constelação Familiar tem de diferente da terapia convencional?

Além de mostrar uma imagem, como acontece o desemaranhamento?
[Comentário Possível] Emaranhado é viver uma vida que não é sua.

Desemaranhado é, enfim, se achar (des-cobrir-se).
Durante a sessão a percepção do seu “padrão adoecido” pode aparecer.


■ Aula ao vivo e online 4-feira as 21h


Quando isso vem a tona a pessoa começa um novo caminho de compreensão sobre a sua questão/ tema/ demanda.
Impacta.
Eu fui submetida à psicanalise durante mais de 12 anos (entre idas e vindas).

Tornei-me psicanalista, também.
Em uma constelação familiar apenas fui tomada de surpresa.
Em 10 minutos minha questão toda foi exposta (((de um jeito))) que nunca havia percebido em 12 anos de Análise.
Impactou.
E depois que você vê algo assim você não desvê mais.

Você muda algo e ganha chances de mudar muitos outros-algo.

Você ganha força para mudar.


■ ALMA FLIX | Curso de Filosofia Sistêmica


Comparo esse efeito a um “trauma-ao-contrário”.

Impacta tanto que lhe altera de uma forma extremamente positiva.
Por isso, 2 dicas eu daria:

1) não “despreze” o valor de uma imagem nova.

Não é uma mera imagem o que a constelação familiar nos traz.

É uma imagem-nova.

2) experimente um dia a constelação familiar em grupo como ouvinte para compreender do que se trata.

Você vai se ampliar, certamente.


■ Class Online | Curso para consteladores que querem decolar sua atuação no mundo


A fenomenologia é muito interessante como método de conhecimento.
Mas, tentar pegar a fenomenologia com o cérebro é tentar agarrar o fogo com a mão, diria Bert Hellinger.
Ela não é nada cerebral (racional), sabe?

É experiencial (empírica, anímica).


■ Atendimento Online com Bonecos


Já pensou conhecer a chuva só através de livros e videos narrados por Galvão Bueno ou Cid Moreira?

Seria bastante pobre essa experiência.
O oposto disso é ver uma criança experimentando a chuva pela primeira vez.

Ahhhh, bem diferente e vivo.

Só se aprende a nadar na água, outro aforismo de Hellinger.

Por isso sugiro sempre que frequentem um grupo.

É se dar a oportunidade de sair um pouco do racional em direção ao fenomenológico.
Por fim, eu diria, se você esta afirmando que sua vida não está bem (os efeitos) é porque você pode mesmo estar fora das Leis Sistêmicas.
Infringiu, fica ruim.
É assim (observando os efeitos) que a gente sabe se a pessoa está afinada com as leis dos relacionamentos.
É isso.
Abraço


Isabela Couto | Psicanalista | Constelação Familiar com Treinamento pelo IDESV

Deixe um comentário