Deixe o outro ser o outro | Constelação Familiar – Constelação Familiar Sistêmica

Deixe o outro ser o outro | Constelação Familiar

falar do outro

[Pergunta] Oi Isabela, minha duvida se puder me esclarecer: “concordar com o outro como ele é… e renunciar a ter razão…” como ser assim e não se anular ou ser omisso?

[Comentário Possível] Concordar com o outro como ele é tem a ver com humildade.

Não somos melhores que ninguém e nem precisamos nos colocar acima.

Ter opinião sobre o outro é uma característica presente em alta medida em todos nós.

Quanto mais isso for diluído, mais bem-estar na alma.

Tudo fica mais leve.

A pergunta que me faço sempre é:
quem somos nós para etiquetarmos os outros enquanto pensamos sobre ele? Quem somos nós para aprisionarmos o outro com nossas conceituações?


Quem tem esse sentimento de ”estou sendo anulado” quando não ”emito meus pontos de vista” sobre alguém ainda está preso a ”querer ter razão” ou a ser um ”emissor de opinião” o tempo todo.

Como se ”ter opinião”, nesses casos, fosse sinal de presença e participação e como se ”não ter opinião” fosse sinal de anulamento e omissão.

Enfim, são posturas.

Experimente-as e observe os efeitos a médio e longo prazo.

Você vai percebendo que a gente pode ”largar mão” de muitos palpites que vivem na nossa cabeça e que, definitivamente, não nos dizem respeito.

Quem planta limão não colhe morangos doces.

Abraço.


Isabela Couto | Psicanalista | Constelação Familiar com treinamento pelo #Idesv | Whats (31) 9 8269-8379 | Atendimento Online e Presencial

■ O Alma Flix está ativado

■ Grupo de Estudo Online Livros de Hellinger, saiba mais

Deixe um comentário