Parem de fazer Constelação Familiar – Constelação Familiar Sistêmica

Parem de fazer Constelação Familiar

Constelação Familiar é para quem quer mudar e não para quem quer ser mudado.

Clarificando

Sei que o título do artigo é meio estranho para estar num site de uma facilitadora de Constelação Familiar, mas ao longo do texto, talvez fique mais claro.

Cultura intrusa

Está rolando uma cultura-de-babá no cenário das Constelações Familiares.

Bert não desenhou esse método para tirar a autonomia das pessoas, mas sim o contrário.

Co-dependência

Vou falar algo que pode soar pesado tanto para os ouvidos dos clientes-babys quanto dos facilitadores-super-nani.

Quem patrocina o tráfico de drogas é o usuário.

Já o traficante, aproveitando-se dessa oportunidade, faz da dependência-alheia sua profissão.

As duas pontas contribuem. É uma co-dependência.

▪︎ Atendimento Online com Bonecos

Des-Bertilizando Bert

Constelação Familiar não é um método confeccionado para incitar recorrência à várias sessões e infindas idas à grupos e workshops.

Quem estimula isso no seu cliente dando o nome de Constelação Familiar está muito por fora do que trouxe Bert Hellinger (até onde o conheço, pelo menos).

Isso já não é mais Constelação Familiar. Isso des-Bertiliza o método.

Outros caminhos

Quer fazer sessões recorrentes de alguma terapia procure outro programa de desenvolvimento pessoal, pois Constelação Familiar não foi feita pra funcionar assim.

É como querer pegar um ventilador para passar roupas. Não dá, não foi feito pra isso.

Oportunismo?

Quem oferece algo assim já não observa o método.

E quem o descaracteriza está dizendo a Bert…

“esse trem seu não funciona bem, vou mudar ao meu estilo, tive uma ideia melhor”.

Nada contra quem tem boas ideias, só não venda com o nome de Constelação Familiar.

Isso atrai clientes porque o nome da abordagem está na moda. Mas começar assim é mal, muito mal.

E quando a fundação é ruim, meus queridos, a casa uma hora cai.

▪︎ Mini-Curso Gratuito 10x mais resultados com a sua Constelação Familiar

Viver Constelação

Faça coach, faça psicologia, faça psicanalise, ande de bicicleta, faça caminhadas.

Isso tudo é legítimo e tem efeitos terapêuticos.

Mas a Constelação Familiar, naturalmente, foi feita para se viver e não para se usar toda vez que se sentir triste e angustiado.

Começar

Esse texto não abarca todos os pontos, claro.

Mas, é algo que poderíamos começar a refletir.

Começar.

Pare de fazer Constelação Familiar, vá vivê-la!


Isabela Couto | Psicanalista | Atendimento Constelação Familiar Online com Bonecos ou Programa 4 sessões de Desenvolvimento Sistêmico

18 comentários em “Parem de fazer Constelação Familiar”

  1. Vi um comentário no Facebook de uma pessoa que já constelou mais de 25 vezes. Detalhe: é uma pessoa nova. Achei um absurdo. Mas cada um, com seu cada um.

    Responder
  2. Simplesmente amei Isabela e vem de encontro com oque penso e digo,assim até me sinto aliviada e vejo que estou no caminho.Claro!Aqui na minha cidade que tem apenas 25 mil habitantes,de um ano pra cá surgiam mais 4 ou 5 “consteladores” e em função de eu pensar assim,também pago um preço,nem sempre as pessoas entendem que uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa,mas me sinto de consciência tranquila.
    Grata pela sua contribuição sempre.

    Responder
  3. Excelente Isabela!
    Tenho visto com frequência muitos “facilitadores” oferecendo o trabalho das Constelações como algo mágico e libertador, e de certa forma aprisionando o cliente a essa dependência.
    Isso é um grande desrespeito com a obra e legado de Bert Helinger.
    Parabéns pelo texto.
    Bjs
    Erica

    Responder
  4. Perfeito, Isabela! Não acredito na constelação -unicamente para ganhar dinheiro e como uma mágica! Somos co-autores na construção de nossas vidas !

    Responder
  5. Bom dia Isabela !
    Agradeço muito sua disponibilidade e dedicação aos esclarecimentos sobre a verdadeira Constelação. Estou assustada c o que está acontecendo de invasão e distorção do método .
    Parabéns por seu empenho e sustentação ética

    Responder
  6. Nossa, perfeito esse texto.
    Ontem mesmo uma cliente me procurou para fazer outra Constelação. Duas perguntas e eu concluí que ela estava fugindo da dor. Ofereci outra metodologia para ela lidar com isso. Respeito: a ela, a mim e a Constelação. 🙏

    Responder

Deixe um comentário