Seu sintoma é um ancestral – Constelação Familiar Sistêmica

Seu sintoma é um ancestral

Papo amplo

A maioria dos nossos sintomas, a maior parte das nossas dores de alma e de corpo, uma grande fração de nossas reclamações, boa quantidade de nossa angústia e assim por diante tem a ver com um ancestral nosso, tem a ver com uma pessoa de carne e osso com sobrenome igual ao nosso (da nossa linhagem ou que se vinculou ao nosso sistema por fatalidade e por destino).


Quem é o seu sintoma?

Esse seu sintoma é alguém que foi rejeitado, ou é alguém que foi menosprezado, ou é alguém que foi julgado, ou é alguém que foi injustiçado, ou é alguém que sofreu graves danos por conta de atitudes gananciosas de seu grupo familiar, ou é alguém que cometeu suicídio, ou é alguém que assassinou, ou é alguém natimorto, ou é alguém abortado, ou é alguém que foi embora, etc.

Mas, foram meus pais que excluíram, menosprezaram, julgaram. Foram meus avós que fizeram isso, não você. Que injustiça sofrer por isso!

 

Seu piti (pessoal) não importa aqui (no grupo)

Eu sei que soa bastante injusto, ouço isso diariamente dos meus clientes.

Mas, dizer ”é injusto” não melhora e nem muda a natureza das coisas.

Não importa.

Nessa contabilidade transgeracional o indivíduo “paga” pelo grupo.

Por quê as aspas no “paga”?

Porque você pode olhar seu grupo ancestral como dívida e peso ou como experiência, oportunidade e dádiva.

Isso vai depender de sua postura íntima (do que vai na sua alma).


Quer aprofundar? Veja meus vídeos.


Dádivas e não dívidas

Eles nos deram vida, certo? E agora cumpramos nossa função, ora pois. Todos que vieram antes cumpriram sua parte.

Não somos especiais, certo?

Somos só mais um elo da grande corrente ancestral. Isso nos faz humildes.

Ao menos deveria.

O mais sensato aqui-agora é a gente participar nas contas de casa.

A gente faz o possível.

A gente caminha respeitando o sacrifício de quem já fez por nós outrora.

A gente vive com zelo por aqueles que ainda estão por vir e serão, no tempo deles, continuadores dessa longa história multicentenária!


Atendimento Online Constelação Familiar


Olhando em perspectiva

Como ninguém é perfeito certamente nós também faremos muitas e muitas cagadas nessa pequena caminhada de vida que estamos vivenciando atualmente, certo?

E quem vai pagar esse pato?

A próxima geração, claro.

Serão outros seres, de outro tempo e que, aparentemente, não têm nada que ver com essa nossa história aqui-agora.

Então, parece que é assim:

… a gente paga pelos familiares-do-passado e os familiares-do-futuro, certamente vão pagar pelos familiares-do-agora.


Um jeito saudável de herdar o outro

Tomara que na era pós-hellinger o pessoal do futuro já consigam mirar a vida não como sombras e peso, mas como caminho e chances.

Esse jeito de tomar a herança inalienável é o segredo da vida leve, saudável e longe de sintomas.


Quer aprofundar? Veja meus vídeos


Você é o ancestral de alguém

Que eles (nossa tribo-futura) nos herdem, então, com uma consciência mais ampliada.

Que eles compreendam mais rapidamente que nós, essa contabilidade ancestral e a real impossibilidade de se fugir dela.


A vida não para…

Que lá no amanhã eles nos compreendam enquanto realidade maior e sistêmica, bem como estamos nos esforçando no nosso tempo em compreender nossos pais e todas as suas pendengas, nossos avós e todas os seus fiados e dívidas, nossos tios com tudo o que são e puderam fazer – sem julgar nenhum deles por qualquer deslize ou desatenção.


Mini-curso gratuito | 10x mais resultados com sua constelação familiar


Será possível?

Pelos que já foram, por nós que estamos aqui e por aqueles que ainda vão chegar para nos suceder, desejo-nos dádivas!


Isabela Couto | Psicanálise | Constelação Familiar | Atendimento Online com Bonecos & Cursos

1 comentário em “Seu sintoma é um ancestral”

Deixe um comentário