Nascimento a si próprio | Constelação Familiar – Constelação Familiar Sistêmica

Nascimento a si próprio | Constelação Familiar

Hoje estou pensando sobre não resistir àquilo que é inevitável. Que venha o que há de vir.

Imagine não querer parir um menino que está para nascer.

Não há nenhuma margem de decisão aí.

Resistir seria o equivalente a se frustrar muito; muito mesmo.


■ Alma Flix | Curso & Estudo completar de Filosofia Sistêmica para Consteladores iniciantes


Uma postura assim, desconforme e imprópria, só faria ampliar a dor.

O que tem que vir à luz, vem; porque, parabolando o ditado,

Ninguém esconde uma cidade inteira que está situada sobre um alto monte.

Saber lidar com nossa mente e com nossos pensamentos nos faz melhores.

Buscar algum conhecimento de si próprio, por isso, é uma dessas prerrogativas para bem suportarmos o inevitável.

Parir-se, todo dia, incansavelmente, é decisivo, é inadiável.

O psicanalista Erich Fromm tem uma frase bastante relevante e expressiva sobre isso. Ele diz assim:

“A principal tarefa na vida de um homem é a de dar nascimento a si próprio.”

Toda boa psicoterapia, técnicas de gestão do eu, ou auto análise – o que seja, auxilia nisso.

A terapia acalma o passo acelerado da vida contemporânea.

Desejo-nos conexão-pra-dentro, Wi-fi-in


● Atendimento Online com Bonecos


Isabela Couto Atendimento Online e Presencial com Bonecos

Deixe um comentário