Na prática – Página: 3 – Constelação Familiar Sistêmica

Você já deve ter tomado pai e mãe | Constelação Familiar

[Pergunta] Isabela, como eu sei que tomei pai e mãe? [Comentário Possível] Pelos efeitos. Guardem essa palavrinha pessoal: e-fei-tos. Quem tomou pai e mãe desliga os vídeos do youtube, para de fazer quinhentas constelacões por segundo, para de reclamar da vida e para de se perguntar se já tomou pai e mãe. Atendimento Online Constelação … Ler maisVocê já deve ter tomado pai e mãe | Constelação Familiar

Workshop Presencial Constelação Familiar

O WORKSHOP é um espaço onde realmente se experimenta, na íntegra, o que é Constelação Familiar. Bert Hellinger ensina que só se aprende a nadar na água. Para quem deseja experienciar as constelações, precisa considerar essa oportunidade. Workshop Presencial com a Isabela Individual ou Workshop No atendimento individual com bonecos o cliente pode olhar para … Ler maisWorkshop Presencial Constelação Familiar

Se você agir assim, há mudanças | Constelação Familiar

Sempre digo aos meus clientes que FIQUEM ATENTOS, estejam sempre presentes – nem passado, nem futuro, mas presentes. Na prática das relações isso significa interagir com a pessoa a sua frente e não com as MEMÓRIAS que você tem dela. Nem as boas, nem as ruins. Essa postura, quando levada a sério, eleva a qualidade … Ler maisSe você agir assim, há mudanças | Constelação Familiar

Autopunição e falta de paz, como sair de disso? Constelação Familiar

[Pergunta] Fui fiador de um filho, os negócios deram errado e perdi praticamente tudo. Minha cabeça não para e fico me perguntado repetidamente porque? porque? porque? Por que assinei aqueles papéis? Como voltar a ter paz? Culpo a mim, culpo minha esposa, culpo meu filho. [Comentário Possível] 1) o filho não tem culpa, pode liberá-lo; … Ler maisAutopunição e falta de paz, como sair de disso? Constelação Familiar

Sobre desejo e direito, uma reflexão 

Professor da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, o filósofo Mario Sergio Cortella, autor de Por que fazemos o que fazemos? (Ed. Planeta),  elogia a geração de jovens com energia para empreender e inovar. Considera-a bem preparada para o mercado de trabalho, mas mal-educada. Ele aponta caminhos para os pais de fato educarem os filhos. … Ler maisSobre desejo e direito, uma reflexão